quinta-feira, 26 de abril de 2012

From the bottom of his heart

Ontem, e depois de mesmo muuuitos anos, fui à missa. Não fui, propriamente. Calhou.
O meu David tem predilecção por crucifixos e imagens de santos e adora entrar em Igrejas. Ontem, o parque estava todo molhado da chuva, mas ainda assim saí com ele e propus irmos ver do "Jesus".
Estava a decorrer a missa das 9:00 (feriado, já com o pequeno-almoço mais que tomado, imaginam a hora a que nos levantámos...). Ia a meio, mas deixámo-nos estar.
O David e eu falávamos em surdina. Ele sempre comportado.
Depois de um cântico final dolorosamente desafinado, muitas pessoas deixaram-se ficar nos seus lugares, em silêncio. O padre já tinha saído do altar (e ainda bem, senão tinha de as ouvir...no comments!). E é nesta altura que a vozinha do meu filho ecoa pela Igreja, fazendo sorrir os presentes:

"Twinka, twinka lida stá" (Twinkle, twinkle little star - música que ele adoora)
How I onda what you á"

Segundos depois, tinha uma senhora idosa ao pé de nós e a acariciar a cara do meu filho:
"Olha, meu amor, a tua música deve ter chegado mais ao coração de Nossa Senhora que a nossa!"
...

2 comentários:

  1. :) É verdade...as crianças têm "prioridade" sobre os adultos, nos assuntos de Deus (não Nossa Senhora..que para mim, foi só a mulher escolhida para ser mãe de Jesus, mas essa é só a minha opinião, não querendo ofender as pessoas com opiniões contrárias).

    ResponderEliminar
  2. ...e quem canta seus mal espanta!!

    ResponderEliminar